Início » Sociedade » Breves considerações sobre o atual comportamento sexual humano

Breves considerações sobre o atual comportamento sexual humano

Homem e MulherTudo começa com uma bendita pergunta. E eu fiz: por que cargas d´água o ser humano de hoje está se comportando como um bicho, um animal que vive dia após dia para consumir e transar com quantas pessoas puder? Isso não pode ser simples “modernidade” ou “evolução”, uma vez que sempre quando olhamos para as páginas de jornais pedimos justiça e moralidade. Estou atrás da resposta e ela está se formando.

Charles Darwin é famoso por ter escrito a “Origem das Espécies”. Essa obra sempre é levantada em debates contra o criacionismo. Só que lá também fala da seleção sexual do homem, que basicamente se refere a achar o melhor parceiro para perpetuar a espécie. Notem que no reino animal, o macho é aquele que tem a beleza: o leão com a juba ou o pavão com as penas grandes, por exemplo. Isso atrai a melhor fêmea interessada em ter um bom macho para procriar. Ela procura o mais forte e vigoroso. O darwinismo social (desculpa esfarrapada de alguns setores para justificar a separação entre os talentosos para serem capitalistas e empregadores e os meros trabalhadores e consumidores) chegou e juntamente com a acumulação de riquezas do capitalismo, deu ao homem urbano uma beleza: o dinheiro, a nova riqueza. Antes isso era possível, mas apenas através do poder: rei e burguesia, por exemplo. Então a coisa mudou: antes o poder hereditário concedia riquezas e com isso, o poder. Logo aquela beleza do macho-homem atraia as mulheres; agora o dinheiro concede poder embora não haja mais um poder hereditário nos moldes anteriores.

Alfred Kinsey, pai da revolução sexual e da pedofilia contemporânea, ajudou o ser humano a se rebaixar ao nível animal dizendo que o sexo tinha várias vertentes e que todo o padrão sexual e moral dos tempos dele (década de 1950) estabelecido era apenas uma convenção social da sociedade judaico-cristã, leia-se monogamia e fidelidade matrimonial. Para ele era natural um homem querer ficar com uma mulher, e depois querer ter um homem. Uma mulher poderia ter vários parceiros, até achar o melhor. Um homem e uma mulher poderiam se relacionar com uma criança e passar os conhecimentos sexuais para ela, resgatando práticas antigas nos tempos da Grécia, já que naquele tempo não havia os conceitos de “heterossexualidade” nem de “homossexualidade”, havia somente a expressão “sexualidade”. Afinal, a vida é para ser vivida, não é?

Portanto, você que está na redoma dos conhecimentos atuais, achando que tudo não passa de uma mudança normal da sociedade e da famigerada “modernidade”, saiba que todo o comportamento sexual foi deliberadamente planejado por certos intelectuais (sic) e que rebaixaram o ser humano à categoria de um animal qualquer. Diante disso, não resta mais duvidas em saber por que há um ataque moral ao cristianismo: esse é um dos últimos redutos éticos que tratam o homem feito homem.


2 Comentários

  1. Natália disse:

    Você escreve muitíssimo bem, o texto é conciso e consegue ainda fazer um pequeno passeio pela história, matou a pau, sobre o Alfred Kinsey acertou em cheio também. Eu fico pensando como é que as pessoas daquela época( anos 40 e anos 50) não perceberam as mudanças que estavam acontecendo, mais importante ainda, como que o Kinsey nunca foi preso por aquele trabalho nojento dele, onde era evidente e documentado, os abusos que ele cometeu com bebes e crianças naquelas pesquisas asquerosas?

    • Obrigado. Pois é, nada aconteceu com ele, mas relatos de abusos apareceram muitos tempo depois. Mas nada adiantou. A desgraça já estava consolidada e os denunciantes não foram levados a sério. Compartilhe. Até a próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: